“As cidades têm memória e coração. Criam-se pelas exigências da vida, assim como Teresina, em cujo chão veneramos a energia poderosa de quantos a ergueram e a tornaram esplendente, cheia de fascínio, de cenários amplos e paisagens magníficas, sempre sóbria, elegante e discreta.”

Dirceu Mendes Arcoverde, Governador do Estado do Piauí – Junho de 1977

 

“The cities have memory and heart. They are created because life thus demands, like Teresina, in which ground we venerate the powerful energy of the people that raised it and made of it a splendorous and fascinating city, with wide scenarios and magnificent views, always sober, elegant and discreet.”

Dirceu Mendes Arcoverde, Governor of Piauí State – June of 1977

 

O site Teresina Panorâmica nasceu de uma constatação: o Brasil – e o mundo – não conhecem Teresina e, por extensão, o Piauí. Além de nossas fronteiras, pouco se sabe sobre nossa terra, e este pouco ainda chega de maneira distorcida. Somos tomados como arquétipo de pobreza, atraso e subdesenvolvimento, juízo piorado pela imagem grotesca que passa a maioria de nossos políticos (infelizmente, a faceta mais visível de nosso Estado na grande mídia). Nossa cultura, nossa história, nossas riquezas naturais, nossas belezas, nosso recente desenvolvimento e nosso potencial econômico são inteiramente desconhecidos até por nossos vizinhos. O projeto Teresina Panorâmica é uma pequena contribuição no sentido de mudar este estado de coisas usando como base a Internet, poderoso e gratuito veículo de comunicação de massa de alcance mundial, praticamente inexplorado por nossas autoridades. Com caráter puramente editorial, sem fins lucrativos, sem patrocínio público ou privado e sem coloração partidária alguma, o que queremos dizer, citando Flávio Venturini em “Planeta Sonho”, é que “aqui também é bom lugar de se viver”.

Todas as imagens aqui exibidas, inclusive os papéis de parede disponibilizados para download, são de autoria e propriedade dos respectivos autores, sendo os créditos expressamente feitos aos mesmos e todos os direitos de utilização estão a eles reservados. O material fotográfico exposto neste site é protegido no Brasil pela Lei 9.610, de 19 de fevereiro de 1998, e pelas leis e tratados internacionais de direito autoral. Por princípio, são vedadas a reprodução, a publicação e a distribuição (por qualquer meio) destas imagens sem o prévio e explícito consentimento dos autores. Impressão em massa, seja para que finalidade for, não está autorizada, e deve ser obtida autorização para este tipo de reprodução. O uso das fotos em publicidade, atividades comerciais e reprodução em livros ou revistas deverá ter autorização prévia, obrigatoriamente, e ser feito nos termos combinados. Reprodução não-autorizada das imagens, principalmente com modificação da foto original (em especial retirada da marca d'água), será considerada violação de direito autoral. Nosso departamento jurídico é muito ágil – a irmã de Sergio e Emerson é advogada – e o uso ilícito das imagens do site é formalmente desencorajado.

Muitas das fotos aqui apresentadas podem ser encontradas em outros endereços de Internet, especialmente comunidades virtuais de fotógrafos, o que não significa que sejam de domínio público. Nestes endereços, as fotos encontram-se sempre claramente vinculadas aos autores e com indicação de direito autoral. Qualquer outra forma de publicação não é autorizada pelos fotógrafos.
O texto e as informações contidas neste site não são, obviamente, propriedade intelectual dos autores. Entretanto, tais informações são fruto de uma extensa pesquisa, que incluiu sites de Internet, dissertações acadêmicas, placas em logradouros públicos, artigos de jornal e livros. Entre os livros mais relevantes para esta pesquisa, devem-se citar "Grande Enciclopédia Internacional de Piauiês", de Paulo José Cunha (Oficina da Palavra, 2008), “O Piauí no Século 20”, de Zózimo Tavares (Alínea, 2003), “Arquitetura em Teresina: 150 anos. Da origem à contemporaneidade”, de Alcília Afonso de Albuquerque e Melo (Halley, 2002), “Teresina, meu amor”, de Arimatéia Tito Filho (Artenova, 1974), “O Estado do Piauí”, de Abdias Neves (obra de 1922, disponibilizada online pelo site
Histórias do Piauí) e “Teresina, 1852-2002”, brochura comemorativa do sesquicentenário da Capital patrocinada pelo Grupo Claudino (Halley, 2002). A cópia do texto que consta nas páginas deste site é livre e destina-se à divulgação da história, da cultura e das potencialidades turísticas de Teresina. Entretanto, como prova de cortesia e respeito pelo trabalho de compilação e tradução que fizemos, solicitamos que nosso site seja citado e que um link para nossa página inicial seja disponibilizado.

 The Teresina Panorâmica – Panoramic Teresina project aims to correct a fact: Brazil – and the rest of the world – don’t know Teresina and, by extension, Piauí. Beyond our borders, very little is known about our homeland, and even this little is distorted and imprecise. People take us as an archetypical model of poverty and underdevelopment, an idea made even worse by the grotesque image of our politicians (unfortunately, the facet of our State most disseminated by the mainstream media). Even our neighbors ignore our history, our culture, our natural resources, our beautiful landscapes and our recent development and our economic potential. The Teresina Panorâmica – Panoramic Teresina project is a small web-based contribution towards changing this state of things using the Internet, a powerful and free medium that reaches a global audience, almost ignored by our authorities. As Flávio Venturini in the song “Planeta Sonho”, we are trying to say – in a non-profit and non-sponsored website, not affiliated to any political group – that “we also have a good place for living here”.

All the images here displayed, including the wallpapers available for download, are intellectual and physical property of the authors, and all rights are reserved to them. The photographic material exposed here is protected by Brazilian and international copyright law and treaties. Reproduction, publication and distribution of these images are not allowed without previous and explicit consent from the authors.

Mass printing, whatever purpose it serves, is not allowed without previous authorization. Any use of these images in advertising campaigns, commercial activities or in printed matter (books, magazines, newspapers and so on) must be previously authorized. Any kind of unauthorized publishing or reproduction, especially if any kind of modification of the original image is present (particularly removing the watermark) will be regarded a violation of copyright. Our legal advising service is quite timely – Sergio and Emerson’s sister is an attorney-at-law – and the illicit use of our images is strongly discouraged.

Many photos here shown can be found in other websites, especially virtual communities of photographers, but that does not mean that they are in public domain. Even in these communities the photos are always clearly linked to the authors and the copyright is clearly stated. Any other form of publication is not allowed by the photographers.

The text and the information here available are not intellectual property of the webmasters, of course. However, an exhaustive research was carried out over Internet sites, academic dissertations, newspaper articles and books. Among these books, the more relevant were "Grande Enciclopédia Internacional de Piauiês", by Paulo José Cunha (Oficina da Palavra, 2008), “O Piauí no Século 20”, by Zózimo Tavares (Alínea, 2003), “Arquitetura em Teresina: 150 anos. Da origem à contemporaneidade”, by Alcília Afonso de Albuquerque e Melo (Halley, 2002), “Teresina, meu amor”, by Arimatéia Tito Filho (Artenova, 1974), “O Estado do Piauí”, de Abdias Neves (work written in 1922, made available online by the website Histórias do Piauí) and “Teresina, 1852-2002”, a brochure celebrating the 150th anniversary of the foundation of Teresina, sponsored by Claudino Enterprises (Halley, 2002). The text of this site can be freely copied to disseminate the history, the culture and the touristic potential of Teresina. However, as proof of courtesy and respect for our hard work of compilation and translation, we expect to have our site cited and a link to our main page made available.